segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Calmamente...

(foto retirada do Google)


"
Quem vai, vai; quem está, está"
"Não te metas com quem não deves"
"Quem não deve, nao teme"

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Quando as pessoas se completam...


"Cada santo tem um passado"
"Cada pecador tem um futuro"

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Navegando...

(Retirada do Google)

Navega, navega,
Meu barquinho de papel,
Faz longe tua viagem,
Neste mar sempre cruel,
Ao sabor de boa aragem,
Torna a viagem em mel.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Enigmas na net...



Virtual


Somos sempre tudo...
E/ou não somos nada.
...
Como quem nada não se afoga,
cá vamos nós, sempre navegando.
...
Até ao momento em que se morre
do próprio veneno.
...
Entretanto...
Presunção e àgua benta,
cada qual toma a que quer.
...
Como isto é um mundo de ilusões,
aceito o que a minha avó dizia:
"Pessoa séria não tem olhos, nem ouvidos e muito menos boca”.
...
Debaixo de um certo enigma,
há sempre uma máscara faceira.
...
A vida é um teatro,
todos representamos um pouco.

Num regato de auto-reconhecimento...



Estou sem estar


De mim
Não consigo falar
Porque em mim
Estou sem estar.
Lanço-me em voo picado
Como gaivota no mar
Percorro caminhos sem fim
Por terra, água e ar
E encontro dentro de mim
O lugar onde quero estar.
Não consigo guardar ou esconder
O que encontro na procura
Reparto mesmo para perder
E não considero loucura.
Acho que o que tenho não é meu
Faz parte do nada que tenho
Porque se tenho é porque nasceu
E não preciso nem retenho.
E é na vontade de dar
Que encontro a verdade
E se a isto se chamar criar
Só o faço em liberdade.

Dina Ventura – “only me” – 26 de Novembro 2010



*****
PS: Clique no nome do poema - Estou sem estar - para ver a origem do post

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Transparência de alma...

Por que queres tu auditar-me a alma
se em cada espelho dos instantes ela te revela e reproduz?
Não sabes que por isso as contas são-lhe sempre transparentes?

Para dizer devagar
"Pelo menos que ao fim teus sacramentos cubram de coragem
igual à de evitar-te, ao ver-se então de pé na tua frente,
aquele que nem sempre soube ser bastante transparente
para dele imprimir nos dias nada mais que a tua imagem"

(Ruy Belo, Todos os Poemas, Lx, Assírio & Alvim)


quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Mesmo que quizesse que fosse diferente...


"Prezo muito minhas amizades e
reservo sempre um canto no
meu peito para elas.
E, sempre que surge a ocasião, 

também não perco a oportunidade 
de dar um amigo a um amigo, 
da mesma forma que eu ganhei vocês.
E não adiantam as despedidas.
De um amigo ninguém se livra fácil.
A amizade além de contagiosa
é totalmente incurável".
(Vinícius de Moraes)



Ver para crer...

“Sabemos muito mais do que achamos 
  e podemos muito mais do que imaginamos”


terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Em busca de caminhos...

"Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho."  
(Ghandi)


Canudo .... e Diploma




Cuide da sua formação. Eis outra das estratégias para este ano. Metas agressivas fazem parte da realidade de quase todo o tipo de empresas. Fazer um MBA, ou optar por qualquer outra ferramenta de formação, até pode ajudar a atingi-las. Mas o que fará a diferença é gastar tempo e dinheiro a conhecer-se. Na era do conhecimento, o mais importante é o auto-conhecimento. 

Mas não basta estudar, ter um doutoramento, saber inglês. É preciso ter um diferencial em relação aos outros. A formação técnica é essencial, mas manifestamente insuficiente para chegar lá.
Outro mito que tem vindo a cair por terra é aquele que diz que boas notas na escola significam, à partida, sucesso profissional. Uma pesquisa da conceituada universidade de Harvard prova que não. A instituição analisou o destino dos melhores e dos piores alunos que frequentaram a escola há duas décadas. A conclusão foi a seguinte: muitos dos alunos com as piores notas estavam bem posicionados na carreira. O inverso aconteceu com a equipa dos melhores classificados.
Quer tenha sido um bom aluno ou um «baldas» na faculdade, é hora de iniciar a fantástica aventura em busca daquilo que o move para a frente e o torna fraco ou forte. Na era do conhecimento, o mais importante é o autoconhecimento. É importante fazer o exercício de onde se quer estar daqui a dez anos. Isso é um processo solitário. Faz-se sozinho, em busca dos próprios caminhos.
De facto, há pessoas que vivem consigo próprias toda a vida e que morrem sem se terem conhecido. Quem não sabe para onde vai, não chega a lugar algum. Há por aí muita gente que tem mestrados – e pós-graduações e doutoramentos – e não sabem o que querem da vida. Se pudessemos recomendar apenas uma coisa, diriamos: gastem dinheiro a conhecer-se.
Ao procurar um curso – seja ele qual for – tenha em mente a seguinte reflexão: a formação deve ensinar formas de se alcançar mais eficiência no trabalho, mas sobretudo deve ensinar para a vida. Um exemplo? Se alguém quiser tirar um curso de culinária, avance. Além do prazer imediato, isso pode ser útil para a vida profissional e ajudar ao trabalho de equipa. Aprender é uma postura para o futuro, não um diploma para embelezar a parede.


*****
PS:  Clique no nome "Estratégias..", para ver a origem do post.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Mudança de ideal...

(Praia do Guincho - Cascais - Portugal)

O INFANTE
Deus quere, o homem sonha, a obra nasce.
Deus quiz que a terra fosse toda uma,
Que o mar unisse, já não separasse.
Sagrou-te, e foste desvendando a espuma,

E a orla branca foi de ilha em continente,
Clareou, correndo, até ao fim do mundo,
E viu-se a terra inteira, de repente,
Surgir, redonda, do azul profundo.

Quem te sagrou creou-te portuguez.
Do mar e nós em ti nos deu signal.
Cumpriu-se o Mar, e o Império se desfez.
Senhor, falta cumprir-se Portugal!

Pernando Pessoa , in “A Mensagem”

Exemplos de vida...



Ajuda de mãe


(Foto retirada do Google)

"A recíproca também é verdadeira"

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Mulher Maravilha...


Não precisamos de "maravilhas"!
Apenas precisamos de ficar maravilhados 

com aquilo que Deus nos deu.
Alguém que chore, de verdade;
Que sinta, de verdade;
Que não finja, de verdade;
Que esteja sempre ali, sem ser capacho.
...
Como remate: "Que saiba fazer bom tacho"

...
Isso...
"Se todas fossem no mundo iguais a você!"


Sonhos de crianças......... e de adultos!


As crianças e os sonhos
20 de Fevereiro, 2011


A concretização de um sonho, como conhecer os heróis da televisão, é uma coisa «muito boa» para as crianças que devem, contudo, entender que há sonhos que nunca deixarão de o ser, segundo um especialista.
O pediatra Mário Cordeiro falava à agência Lusa a propósito da concretização de fantasias pela organização Terra dos Sonhos, como a de Henrique, sete anos, que conheceu recentemente o Panda, a idolatrada mascote de um canal televisivo.
«É muito bom concretizar um sonho, mas também é bom a criança ter a noção bem clara de que conhecer o Panda, por exemplo, não é uma coisa que se consiga todos os dias», disse.
«Alguns sonhos realizam-se através de projectos bem elaborados - para terem mais hipóteses de não falhar - enquanto outros não passarão disso mesmo, mas tudo bem», sublinhou.
Sobre um encontro desta natureza - entre uma criança e o seu herói - Mário Cordeiro considera que é um ato importante para o menino, mesmo que por vezes os mais pequenos sintam uma atracção-repulsa pela mascote.
Algumas crianças «querem tocar no Mickey ou no Panda, mas depois escondem-se atrás dos pais. Voltam a olhar e, por momentos, vivem dilemas grandes, até que o Panda vai embora e a criança não lhe tocou ou falou, ficando triste e em stress pela oportunidade perdida».
Nessas alturas, defende, «os pais não devem ser moralistas, mas manterem a esperança, dizendo: 'Paciência, desta vez não conseguiste, mas hão-de haver outras oportunidades'».
«Embora pareça paradoxal, sonhar bem e muito é uma boa forma de nos contentarmos com uma realidade que fica sempre aquém», disse.
Sobre a concretização dos sonhos de crianças com problemas de saúde, como o caso do Henrique, que sofre de síndroma nefrótica, uma doença renal crónica, Mário Cordeiro considera que a mesma poderá ter ainda melhores consequências, dado que «estão fragilizadas e a sua capacidade de realização do desejo, e até das actividades básicas do dia a dia, está limitada».
Lusa / SOL
***
PS: De 4 a 12 de Março, concretizarei o sonho de 7 netos, na Disneyland Paris e cidade de Paris.

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Digam-me porquê?

Uma questão para o fim de semana!

Amizades mágicas...



Psicanalista é uma espécie de mágico 
que tira cartolas de dentro dos coelhos.

(Millôr Fernandes)


*****



No Psicanalista

O sujeito casou-se com uma mulher que era teimosa 
que nem uma mula. 
Dois anos depois, à beira de um ataque de nervos, 
conseguiu convencê-la a consultar um psicanalista.
Na 
volta da primeira consulta, ansioso, ele pergunta: 
— E então, meu 
amor? Foi tudo bem?
— Tudo bem, uma ova! 
Precisei gastar todo o meu horário para convencer 
o psicólogo que o divã ficava muito melhor 
no meio da sala!

Devaneio... de uma amiga.




Sinto Você aqui comigo !
O calor gostoso de seu corpo forte e varonil.
Seu hálito quente,
Seus lábios finos
Roçam meu rosto.
Suas mãos firmes e precisas
Acariciam meu corpo frágil,
Submisso e amante.
Seus olhos exprimem sentimentos
Que só existem para aquele momento sagrado.
E nessa entrega de amor profundo,
Seu fôlego palpitante desperta em mim
A dura realidade :
-Sou Mulher e vivo neste mundo.
Você ! Um sonho, um devaneio .

(Neyse Fernandes)


*****
PS: Clique no título do poema - Devaneio - para ver a origem da postagem.
       Neyse, bem haja por ser minha amiga.
*****
Para sonhar:

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Missão (quase) impossível...


O hábito enferruja as paixões, a clandestinidade, 
essa reacende-as. 
Lá onde pisas duas vezes a mesma vertigem, 
lá mesmo envelheceste. 
Procura o novo especialmente quando ele não existe.
Erige a subversão afectiva em teu hábito. 
Sê a bandeira do espanto. 
Tatua na alma a coragem jovem dos horizontes inexplorados. 
Torna-te o ícone do impossível.
*** 
Nota: reparem como tudo isso é coisa de almanaque e, 
ao mesmo tempo, terrivelmente tentador.

No "Reino das Formigas"



A alegria é a coisa mais séria do mundo.
Eu não deixo que ninguém estrague a minha alegria.
Mas não se confunda alegria com o riso.”

(Almada Negreiros)

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Transformação...



» O conflito nunca está com outra pessoa:  
ele está sempre com você mesmo.
Há que “ficar à vontade com você mesmo”. 
E você só pode ficar à vontade consigo mesmo 
quando o seu comportamento fôr consciente.«
...
Assim, terá que haver sempre uma mudança de comportamento.

O "Risco" é a minha profissão...


Todos os dias corro riscos!
Oh! E que riscos!
O medo de ser riscado,
tanto como tudo arriscado,
riscos de viver,
riscos de sofrer.
...
Mas o maior risco,
e que mais medo provoca
é o risco de morrer,
que apesar de estar certo,
na parte que me toca,
não o quero aqui por perto,
apesar de estar aqui
para o que der e vier.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Missão cumprida...

(Faça duplo-clique para aumentar)

Se dependêssemos de um grande acontecimento na nossa vida para nos sentirmos preeenchidos, posssivelmente viveríamos grande parte dela com a sensação do não realizado, insatisfeitos.

São nas pequenas realizações do cotidiano que criamos o sentimento de estarmos plenos. 
O alimento que nos preenche reside no compromisso que assumimos a cada minuto do nosso dia, na realização de cada mini-tarefa necessária para atingirmos um objetivo maior.

Portanto, o verdadeiro ato heróico está dentro de nós. O verdadeiro ato heróico está naquele momento em que você pára e pensa: OK ! Missão cumprida. . .

E não importa o tamanho da missâo ou que ela seja grandiosa. Mas sim do significado que aquela missão representa naquele momento de sua vida.

Embrenhado em devaneios...



Curiosamente alguém assim escreveu:


Auto-análise


Não sou o bem.
Nem sou o mal.
Tampouco o fiel da balança.
Sou algo entre o céu e a terra.
(Não subiu e nem desceu)
Sou criatura à deriva,
perdido nas rodas da vida.
Entre o libidinoso
que precede o amanhecer;
O erótico que borbulha na mente;
A luxúria que me entorpece o ar
e as possiblidades todas
que do prazer transbordam.
E, não bastasse o devaneio,
há ainda o calor do teu corpo
a me provocar
feito um delírio constante, ou a
febre a arder na carne trêmula
e impaciente.
A espera de um próximo coito.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

O que esconde meu corpo...

Esconderijo

Meu corpo
Acende vivências
Enquadra sentidos
Gostos.
Cicatrizes.




***
PS: Clique na palavra Esconderijo para ver a origem do post.

Solidão nunca esquecida...



****
Porque...
A solidão mata!

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

A qualidade do Amor...

O amor fino não busca causa nem fruto. 
Se amo, porque me amam, tem o amor causa; 
se amo, para que me amem, tem fruto: 
e amor fino não há-de ter porquê nem para quê. 
Se amo, porque me amam, é obrigação, faço o que devo: 
se amo, para que me amem, é negociação, busco o que desejo. 
Pois como há-de amar o amor para ser fino? 
Amo, quia amo; amo, ut amem: amo, porque amo, e amo para amar. 
Quem ama porque o amam é agradecido. 
Quem ama, para que o amem, é interesseiro: 
quem ama, não porque o amam, 
nem para que o amem, só esse é fino.

(Padre António Vieira)


domingo, 13 de fevereiro de 2011

Fuga da escuridão...



“O medo é um dos maiores problemas da vida. 
A mente tomada pelo medo vive em confusão,  
em conflito e, portanto, acaba sendo violenta, 
distorcida e agressiva. 
Ela não ousa sair dos próprios padrões de pensamento, 
e isso gera hipocrisia. 
Escalar a montanha mais alta, inventar todo o tipo de deuses, 
nada disso adianta: enquanto não nos libertarmos do medo 
permaneceremos na escuridão”


sábado, 12 de fevereiro de 2011

Almas perdidas...


Num encontro de almas parecidas, vivas, apaixonadas,
para que dê certo, há que preencher alguns requisitos.
Há que deixar  para trás a solidão, confrontar os medos
e angústias.
Descobrir no armazém do seu inconsciente, onde vamos
jogando todo o nosso lixo, angústias, mágoas, problemas.
Tudo ali fica escondido até ao momentos em que 
teremos que, e poderemos, limpar.
Existem lá muitas coisas “estragadas”: vamos ter que  
queimar tudo aquilo que faz parte das amarguras do 
passado, das dores antigas, tudo aquilo que processou 
a nossa solidão.
...
Depois não permitir nunca mais que “conteúdos tóxicos” 
entrem ou sejam novamente empurrados para o nosso 
inconsciente.

Há coisas de que ninguém escapa...


Dois amigos encontram-se no "calçadão".
Um fazendo o seu jogging matinal, correndo o mesmo duas ou 
três vezes de ponta a ponta. O outro sentado num boteco de 
beira-de-praia, bebendo a sua cervejinha logo de manhâ.
Diz o atleta: "Oh Zé não tens vergonha, em vez de cuidares do 
teu corpo aqui como eu, já estás te encharcando!"
O Zé olhou-o atónito e disse-lhe em tom quase sério: 
"Sabes qual é a diferença entre tu e eu. Eu, o mais provavel, 
é vir a morrer de alguma doença. 
Tu, simplesmente vais morrer saudável. 
Como ambos vamos morrer, deixa-mer aproveitar enquanto posso"

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Amo, porque amo...



Poema aqui

Na roda do tempo...



“A vida é como uma espiral e não como uma linha reta. Passado e futuro se encontram em um infinito presente”.
A espiral é a essência do mistério da vida. Assim como se centra, ela também pára, se encontra, se retorce e, então, desce e sobe novamente em graciosas curvas. O tempo se retorce em torno de si mesmo, trazendo os ecos e vibrações enquanto que os caminhos vivos da espiral passam próximos um do outro. A vida corre por estradas sinuosas, os seres se encontram em determinados pontos de suas caminhadas, se entrelaçam, se afastam, partem, retornam às origens. O ponto de partida também é o ponto de chegada trazendo-nos a questão do retornar sempre, reencontrar-se e se renovar.
****
Isto não é meu!
Mas define todas as vivências e saudades.
...
As espirais também circulam dentro de nós, a energia circula em espiral, é onde a matéria e o espírito mais perfeitamente se encontram, e o tempo, por ele mesmo, não existe. Os nativos lembram as diversidades da vida e dos caminhos, e não compreendem o mundo de forma linear, o seguir em frente em uma única direção como se a vida fosse uma linha reta traçada entre um ponto de início e um de término. O destino é sempre ir além. O grande desafio de todo ser, por natureza um guerreiro trilhando as estradas das espirais da vida, é essa busca, é o retorno, é a partida, é caminhar em círculos/ciclos assim como caminha a natureza, pois somos parte dela. É fazer girar a roda do tempo, não nos prendendo em nenhum ponto em específico porque, assim, podemos vislumbrar os mais diversos pontos que compõem a espiral”.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

VIVER É UMA AVENTURA SEM FIM...

“Sempre chegamos aonde nos esperam”



Confrontações...


"O amor é
uma flor maravilhosa,
mas para colhê-la
devemos ter a coragem
de enfrentar os espinhos".

(Bergson)