segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Naturezas expostas...


Hoje não falo de mim...

Nem de ninguém...

Apenas vos mostro coisas da...

NATUREZA:

video

domingo, 29 de novembro de 2009

A ver vamos...


Gostava de virar um "brasileirinho" especial
capturar toda extensão desta visão 
e guardar bem fundo essas recordações.


video


sábado, 28 de novembro de 2009

Rosa (que) pena...


Rosa,

É pena,

Que não sejas

Apenas rosa.

...

Na mão uma rosa segurei,

Embevecido a admirava,

Descuidado uma pétala arranquei

E mais uma, e mais outra,

Num frémito

Uma eterna ladaínha entoava

“Mal-me-quer, bem me quer”

Como antes fazia com a Dália,

Que muitas mais pétalas tinha,

Quanto mais a desfolhava,

Muito mais gozo me dava.

...

“Rosa bem-me-quer,

 Rosa mal-me-quer”

Pétala a pétala retirava,

Até que à última cheguei

E um “não-me-quer” arranquei.

...

Olhei de forma “angélica”

Pois um fruto ali surgiu,

Depois de pétalas despido,

Um ovário ínfero,

Brilhante, arrendondado,

Antes de corola vestido,

Lindo, aflorado.

...

No meio de lucubrações,

Onde tudo é irrisível,

Pensei com os meus botões:

“Será esta coroa comestível?”

.....

Calma, rapaz...

Bate a bola... de fininho,

Deixa-te de baboseira,

Trata o “fruto” com carinho,

Isso não é brincadeira,

Coloca-o com geitinho,

No guarda-jóias de prata,

Na mesa de cabeceira,

Que a coroa fica grata.
(José Antunes)

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Só ... Louco !!!


Preparado para um            
 "BOM FIM DE SEMANA" 

(Clique para ampliar)

A todos os meus amigos-leitores, que estão sempre 
dispostos "a aturar" minhas loucuras:  
Votos de um óptimo FIM DE SEMANA.

Vida ... no formigueiro


Eu, Joe-Ant (vulgo: Zé Formiga), na qualidade de presidente da
Associação "Formigas em Stress" venho alertar todo o mundo,
para a quantidade exagerada de matérias sobre relações, actos,
relacionamentos, comportamentos e sexualidade, inseridos num
certo Jornal, que são considerados altamente constrangedoras,
provocadoras e perturbadoras, no espírito dos nossos associados
- as formigas-, tal como pode ser demonstrado pela tira que se segue: 












                                          (Clique na tira para ampliar)

Caso as inserções não moderem, na quantidade e qualidade,
vemo-nos na obrigação de alertar as autoridades reguladoras,
inspectoras e fiscalizadoras do sector, para que haja acção
punitiva para o Jornal, cujo link informamos aqui.

*******
Obrigado Guará Matos pela amizade demonstrada.
Se divirta com esta pequena  brincadeira.
Com toda a amizade e consideração.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Escola... da Planície


Os meus respeitos ao blogue  "Da Planície"
por ter "recoletado" o texto do
Ricardo Araújo Pereira in Opinião, Boca do Inferno, Revista Visão.
******
Clique no nome do blogue "Da Planície" para ler o texto completo.

Pago minha derrama...com gosto


Distribuo os tributos de alguns...
Sem chorar sobre "Leite Derramado"

Uma amiga minha dizia assim:

"Quando sair daqui, vou comprar música do Chico Buarque, toda a música do Chico Buarque.
Tinha acabado de ouvir o Leite Derramado, quando pensou nisto, mas só dias mais tarde se lembrou dessa decisão. Disse: Saio daqui, reentro na chuva, apanho o metro e compro música do Chico Buarque, toda a música do Chico Buarque.
Não tem uma única música do Chico Buarque e tem pena, vergonha, raiva de si mesma, porque aprendeu a dançar samba no Rio de Janeiro e canta Caetano Veloso no duche. Não sabe porquê, tenta perceber porquê."  Continua...(convém ler o resto, que é lindo!!!)


Outrem, me lançava um repto:

"Faço minhas as palavras de José Catello em "O Globo":
"Leite derramado despeja sobre o leitor, é verdade, uma profunda tristeza.
 Mas é uma tristeza fértil, que nos ajuda a matizar os grandes atos da história."...

******
Pago também, assim, o meu tributo ao Chico Buarque por se 
"intrometer" nas nossas vidas sem sequer pedir licença.
Mas, confesso; todas as minhas portas (reais e espirituais) 
se encontram plenamente abertas.

Saravá !!! Que Yemanjá vos proteja !!!


quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Tristeza...não tem fim...


Para alguém que me falou em "blues",
me tocou nas teclas do sentimento e 
me fez sentir algumas saudades.

Fantasiando e sonhando...
***
“Harlem, here I go !!!”


terça-feira, 24 de novembro de 2009

In petto...


Para quem possa se considerar "minha musa"

Escolhas difíceis...



Como um bom homem, devo assumir que não possuo uma preferência explícita entre senhoras mais velhas do que minha pessoa (cuja idade gira em torno de várias décadas) ou por garotinhas mais novas, que os sexólatras chamam “sexualmente apenas” de “ninfetas”.

Pesquisas e mais pesquisas realizadas por desocupados e afins são realizadas por aí afora com a intenção de descobrirem quem mais agrada aos homens, se são as
coroas enxutas (ou molhadas) ou se são aquelas jovens bem mais novas que parecem ter o dobro da respectiva idade...

Isso varia muito entre os muitos sujeitos homens do sexo masculino.
Os mais novos preferem as mais velhas (claro, não é regra geral), dizem que pela experiência. Os mais velhos preferem as mais novas (que por sua vez preferem o dinheiro dos mesmos).

Os festeiros preferem ambos os tipos.
Os homossexuais não preferem nenhum dos dois e enquanto os sádicos gostam daquelas que gostam de apanhar, os masoquistas preferem aquelas que gostam de dar (por favor, sem trocadilhos).
******
(No que respeita ao autor deste blogue: Nunca teve casos (ou descasos), no mínimo,
conhecidos ou revelados. 
Se os teve, não seria o primeiro nem o último.
Se pecou, só a Deus revela em confissão)

*******

Não poderei escrever aqui que muitas outras ninfetas (para não dizer pirralhas) com menos de 14 anos já apareceram pra me “infernizar” pois fiquei sabendo que a policia lê o “Cinco de 5”, nas horas vagas (ou seja, todas as horas)...

Quando pensei que estava me envolvendo com alguém da minha idade, descobria logo que a bendita, apesar do tamanho do chassi e da saliência redundante de algumas peças, era sempre mais nova que eu...

A questão entre ser coroa ou ninfeta (definitivamente) não importa para a grande maioria dos homens. Nós (está bem, a maioria) buscamos uma mulher que nos realize em todos os sentidos, independentemente da idade dela (e da nossa).

Existem coroas e ninfetas que possuem sensualidade e maturidade suficientes para despertar desejo num homem assim como também existem coroas e ninfetas que só nos despertam bons risos ou até mesmo nem isso...

******
para saber a origem do post.
*******


segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Falar para o boneco...

Existe em Lisboa, mais propriamente no Chiado, um lugar 
onde gosto de me sentar e debitar algumas palavras ao 
ouvido do quietíssimo sujeito, como se estivesse contando 
uma piada ou uma confidência.
Como muita gente (a maioria senta-se para tirar foto) 
rendemos, desse modo, uma certa "homenagem" a esse
grande vulto das letras que foi Fernando Pessoa.
 


Muito haveria a dizer mas qualquer coisa que se diga é pouco, 
comparado com a grandeza de tudo o que ele escreveu.
Assim, basta apenas isto:

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Africanidades...

Num país tão imensamente populoso - a Nigéria;
Numa cidade africana com tantos problemas - Lagos;
No meio de tanto lixo, bairros de lata, corrupção...
Nasceu uma flor ... AYO

******
Este país, onde trabalhei grande parte da minha vida,
sempre me influenciou na minha africanidade

**********
Este post serve também para lembrar um facto:
Hoje no Brasil, em muitos Estados, celebra-se
 "O Dia de Zumbi dos Palmares"

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Africanidade...




Escrevo na pele em yorubá a dúpé - eu direi - África. E a África fica em tudo. Nas veias circula sangue em rios de africanidades. Ê Zumbi! Tambores em ritos e gritos de gentes e bichos das matas. Sonoridades d'África. Orixás, sincretismo em congás. Benzedeira rezando quebranto e guiné prá quebrar a mandinga. Púrpura. Uma figa de cedro e guiné prá abolir os seus medos e abrir seus caminhos. Alforria! Sorria com os marfins e Gnus em nações. Ao redor desta terra um Brasil com raizes e mãos africanas em tudo. Angola. Ah! Luanda é tão linda de se ver. Melanina é força a proteger a pele que brilha por si. Negritude. Tudo repercute em sons e alegria. Sorriso e dança com um remelexo que encaixa os corpos suados. Jambo e malemolência ritima a kizomba. Ginga é Jogar capoeira e gritar liberdade. Coragem de lutar. Oiço vozes e raízes da ancestralidade. Dendê é esse cheiro com fogo na língua. Quente é um acarajé. Negra face e um sorriso perfeito. Aff! Como é bela essa moça que dança com trança. Pixaim é o cabelo. Moçambique, alambique tem cheiro e sabor que arde da cana, na cama. Ruanda, muamba é só uma rima. E na panela de barro a galinha d'angola é à cabidela e põe a ferver. Há mais, muito mais, forte e quente nesse tudo que é um pouco do muito que da África fica, aqui.
*********
Clique no nome do post  "África, escrevendo na pele" para saber a  origem do mesmo.
*********

Para o meu amigo Guará Matos
por me mostrar um caminho para uma boa descoberta

Meu blogue ... "Stormy Weather"

Meu Blogue...

Deveria ter como música de fundo:


Este meu blogue faz hoje dois anos.
Ainda é uma criança.

Meu blogue é a minha "Lapa dos Esteios", 
onde faço a minha eremitagem,
onde me mostro sob meia identidade, 
onde sonho, onde durmo, onde me esqueço, 
onde me devoro, onde me ligo a mim próprio.

Meu blogue é a minha "Fonte dos Amores", 
neste mundo virtual bloguista, 
onde bebo muitas inspirações,
onde o sonhar mais flui, 
onde encontrei boas amizades que, 
sem me conhecerem, têm disfrutado e 
me feito disfrutar o prazer das descobertas e 
onde me tenho "dado ao mundo" sem exigências.
Apenas que me compreendam.

Meu blogue é o meu "Penedo da Saudade", 
onde avisto o mundo, abraço todo mundo, 
onde espraio a minha vista pelos "meus passados", 
pelos meus fados, pelos passados que gostaría de ter vivido, 
pelos sonhos "bem ou mal sonhados" e, 
pelos sonhos que hão-de vir.

Meu blogue é o "Meu fado", 
fado vadio, fado castiço, 
fado de Coimbra, fado de Lisboa, 
fado marialva, fado bailado, fado menor, 
mas, afinal, não passa de um "fado experimental". 
Mas tem sido vivido, sofrido, cancionado, 
batido mais que tocado, 
talvez uma verdadeira "rapsódia de fados" 
ou tanta outra mescla de melodias.

Nada há a festejar, é um aniversário pobre, 
sem bolo nem "champagne", um aniversário que, 
embora eu saiba que não é solitário, 
não tem sentido de festejo. 
Apenas votos de que:

"Deus e a Vida me deixem continuar"

isto se não houver outras forças a me cercear.

Bem haja a todos aqueles que me têm 
acompanhado.

((Estarão sempre dentro do meu coração e 
dos meus (bons) pensamentos))

"Que os deuses e a vida vos protejam"



quarta-feira, 18 de novembro de 2009

A falência da Justiça...


Parece que os da justiça começaram a comer-se uns aos outros.
Até agora tudo o que foi disponibilizado para os jornais procurava criar na opinião pública a ideia de que há um polvo político a minar o país.
Pela primeira vez surge uma insinuação direta de que há juizes metidos nas mesmas maroscas.
Por cada um que sair ou for desclassificado, há outro à espera de subir.
Alguém ganha sempre alguma coisa com a destruição de que lhe está acima.


.......
*** Para ler mais sobre este assunto, cliquem sobre o título "Começaram..."




terça-feira, 17 de novembro de 2009

Em memória


Heitor Villa-Lobos



Eis alguém que eu gostaria de ter conhecido.
Especialmente, pelos "chorinhos"

Nós por cá ... tudo bem ...Mal !!!



“Assaltante entalado” – “Faces Ocultas”... etc, etc.

Tantos “ocultos”, sem face, que nunca são entalados.

Tantos que, muitos querem “entalar” , acabam por fugir à justiça.

A Justiça que fica “entalada” (e/ou enlatada) anos e anos, sem dar a face ou, como no caso do jovem “entalado” , ficam com o “rabo de fora”.

Quem lhe baixou as calças, se ele tinha as mãos do lado de dentro?

Será que havia outro? Esse outro nunca deu a face.

Andam por aí tantos com o “rabo preso” que não se descobrem, ou se se desconfia deles, há sempre um meio de escaparem das “ratoeiras”, nunca vão para a “gaiola”.

O Presidente da República tem o intento de estar atento a tudo isto.

Este país virou a “gaiola das loucas”. Anda tudo em avaliação.

Os partidos avaliam-se. O Governo é avaliado. O regime quer avaliar.

Outros querem acabar com as “avaliações”. Outros, talvez por receio, querem  modificar as avaliações.

...

No meio de tanto entalanço, desenrascanço, avalianço....

     Quem é que avalia o sofrer dos Portugueses?

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

E... para alegrar este fim de semana...


Nada mais...

Um "chorinho" !!!




*********
BOM FIM DE SEMANA
para todos os meus amigos-leitores

Dia Feliz... numa Sexta-Feira 13...





Apesar de ser Sexta-Feira 13, tenha um dia feliz



quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Apesar de tudo...


Mantenha esse sorriso...


Pois é o que se leva desta vida:
o que se come, o que se bebe,
o que se brinca, o que se ri...
verdadeiramente, "o que se vive".
**** VIVA !!! ****
"E faça o favor de ser feliz"

O peso do "nosso" mundo...





A gente se esforça tanto na vida, quer realizar tanta coisa!
Nos sentimos sempre com o dever de fazer o melhor, queremos dar conta de tudo, carregar o mundo nas costas.
Sentimo-nos responsáveis por todos os que amamos, preocupamo-nos com nossos filhos, nossos pais, nossos irmãos, nossos amigos...enfim vivemos preocupados!
E de repente a gente se sente extremamente cansado, sem energia e com medo de fraquejar e não dar conta do recado.
É tanta preocupação com tudo e com todos, que esquecemos de alguém muito importante, esquecemos da gente!
Esquecemos de cuidar da pessoa mais importante, daquela que quando a gente deita a cabeça no travesseiro é a nossa maior companheira.
Então, eu percebo o quanto às vezes tenho me negligenciado por me preocupar tanto com o outro e esquecer de mim.
E eu não preciso deixar de fazer nada do que tenho feito por aqueles que eu amo e que precisam de mim, só preciso lembrar de incluir a mim mesmo no rol das minhas preocupações.
Na maioria das vezes tenho me sentido tal qual uma formiguinha que carrega um pacote inteiro de bolachas nas costas, mal consegue se equilibrar em cima das patinhas, mas não pára...
Bem, eu percebo que isto não está certo não...e que eu preciso carregar menos coisas se quiser continuar carregando-as por mais tempo.
Precisamos cuidar da gente com mais carinho, atenção e respeito, caso contrário, não seremos capazes de cuidar de mais ninguém!

******
PS: Ando de tal maneira que nem o S. Martinho eu festejei.
Nem castanhas, nem jeropiga, nem água-pé.
Apenas leitinho e bolachas, antes de adormecer.